BLOG PROGRESSISTA - NOTICIAS PREFERENCIAIS DO PT

RESPONSÁVEL MARIO ALVIM DRT/MT-1162

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Livro "A Privataria Tucana" dá um nocaute na mídia tucana

“Quando eu vi que não saiu nada sobre o livro na Veja, percebi que tínhamos acertado em cheio. Os grandes meios de comunicação ignoram o livro, mas as pessoas divulgam nas redes sociais, na mídia alternativa. O frentista do posto de gasolina em que eu abasteço me parou para dizer que quer uma cópia”, afirmou Amaury Ribeiro Jr.
- por Altamiro Borges, em seu blog

Em debate que marcou o lançamento oficial do livro A Privataria Tucana, na noite desta quarta-feira (21), em São Paulo, Amaury Ribeiro Júnior, autor da obra, afirmou que o livro é “um nocaute na blindagem que a mídia dá aos tucanos”. A Privataria Tucana vendeu 15 mil exemplares em um fim de semana e já teve mais 30 mil encomendadas pela Geração Editorial. É o assunto mais comentado nas redes sociais e no meio político. Apesar disso, tem sido solenemente ignorado pela grande mídia.

O evento, promovido pelo Barão de Itararé em parceria com o Sindicato dos Bancários, contou também com a presença do jornalista Paulo Henrique Amorim e do deputado federal Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), responsável pela criação da CPI da Privataria (protocolada no mesmo dia do debate). Cerca de 500 pessoas lotaram o Sindicato dos Bancários: além do auditório, também havia uma sala com telão, para que todos acompanhassem a discussão.

Amaury Ribeiro Júnior falou sobre o processo de investigação e escrita, mas enfatizou a reação da grande mídia ao lançamento de A Privataria Tucana. “Quando eu vi que não saiu nada sobre o livro na Veja, percebi que tínhamos acertado em cheio. Os grandes meios de comunicação ignoram o livro, mas as pessoas divulgam nas redes sociais, na mídia alternativa. O frentista do posto de gasolina em que eu abasteço me parou para dizer que quer uma cópia”, afirmou. A grande mídia praticamente omitiu o lançamento do livro, limitando-se, no máximo, a publicar a versão dos tucanos e dos acusados na investigação.

Com a repercussão da obra e a CPI da Privataria, criada por Protógenes Queiroz, Amaury acredita que José Serra, um dos principais acusados no livro, irá reagir. “Eles continuarão tentando desqualificar os autores da denúncia, como estão fazendo comigo e com o Protógenes. Tentam transformar réu em herói e quem investiga em réu”, disse.

A CPI da Privataria

Na abertura do debate, Altamiro Borges, do Barão de Itararé, deu a boa notícia: a CPI da Privataria foi protocolada em Brasília. Protógenes Queiroz, criador da CPI, disse que o livro de Amaury é um poderoso documento sobre as privatizações tucanas. “Esses bilionários que surgiram do nada, como demonstrado em A Privataria Tucana, precisam ser investigados e prestar contas à sociedade”, declarou.

O parlamentar exaltou o papel da mídia alternativa na repercussão do livro e revelou que ele próprio tomou conhecimento da obra através dos meios alternativos e mídias sociais. “Aproveito a presença do Paulo Henrique Amorim e também cito o Luis Nassif para parabenizar a mídia alternativa, a blogosfera e as redes sociais. Conheci o livro por meio da divulgação massiva nesses meios e senti que deveria contribuir, dizer ao mundo que o Amaury não está sozinho”.

A CPI da Privataria recebeu 206 assinaturas na Câmara dos Deputados, em apenas oito dias. “É um número impressionante, ainda mais se considerarmos que estamos às vésperas do final do ano e muitos não puderam assinar por estarem ausentes”, disse Queiroz. Para ele, a CPI é produto direto do livro, que traz informações contra José Serra, com diversos familiares denunciados por envolvimento em lavagem de dinheiro e desvio de recursos públicos, e Ricardo Sérgio, ex-caixa de campanha do PSDB e ex-diretor internacional do Banco do Brasil, que seria responsável por articular os consórcios de privatização e o recebimento de propinas. “A CPI fará o livro parecer ‘pequeno’”, afirma Queiroz, que prometeu revelar à sociedade como grandes veículos de comunicação tiveram suas dívidas perdoadas após a privatização.

A grande reportagem da Privataria Tucana

Renata Mielli, do Barão de Itararé, que coordenou a mesa de debate ao lado de Maria Inês Nassif, da Agência CartaMaior, comentou que o livro resgata a grande reportagem no país, obliterada pela grande imprensa em favor de um jornalismo “superficial e proselitista, preocupado apenas em derrubar ministros e mandar no país”.

Paulo Henrique Amorim endossou o coro, afirmando que “jornalismo investigativo é um pleonasmo”. Ele elogiou Amaury por “provar que a atividade de repórter está viva”. Amorim ainda afirmou que a valorosa investigação conduzida por Amaury diz respeito à “maior roubalheira da história das privatizações latinoamericanas”.

O que a Dilma fez em 2011.


Através do Tijolaço, o ansioso blogueiro assistiu à excelente exposição de fim de ano da Presidenta Dilma Rousseff, que também pode ser vista no Blog do Planalto.

Apesar dos pesares, e da crise que a Globo dissemina 24h por dia, foi um ano brilhante.

Que calou a boca da Oposição.

Porém, através do PiG (*), a Oposição conseguiu engessar a agenda política do pais.

No país onde se realizou a maior roubalheira numa privatização latino americana – agora revelada, em parte, pelo “Privataria Tucana”-, o PiG estabeleceu que a questão é a corrupção, o “malfeito”.

(A outra parte será conhecida na CPI da Privataria.)

E o Álvaro Dias, o Farol de Alexandria e o Padim Pade Cerra empunham a bandeira da Moral e da Ética.

Como diz o motorista de taxi, “esse país não tem jeito”…

Como assim, “não tem jeito”?, pergunto.

A roubalheira, diz ele.

Quem rouba ?, pergunta o ansioso blogueiro, ao passar por uma rua arborizada da Cidade de São Paulo, no bairro de Higienópolis.

Os políticos, diz ele.

Os políticos, indistintamente.

Ou seja, o Ali Kamel ganhou.

Conseguiu equiparar o Lupi ao Ricardo Sergio de Oliveira, ao Preciado, ao Rioli.

Acompanhe, agora, amigo navegante, o que a Presidenta mostrou no pronunciamento de fim de ano.

E ninguém soube.

Começa que ela usou a palavra “emprego” sete vezes, em dez minutos.

Como se sabe, os oito anos de Governol Cerra/Fernando Henrique se notabilizaram pelo desemprego.

Quem tinha emprego garantido eram banqueiros de investimento, “brilhantes“ gestores de fundos na Privataria.

Dilma preside o “pleno emprego”, apesar da crise Global da Urubologa.

Lembrou ela, o Brasil criou em 2011 a bagatela de 2,3 milhões de empregos.

Num único ano.

Voce viu isso nos jornais do Ali Kamel, amigo navegante ?

Uma comparação entre o desemprego no mundo e o “pleno emprego”no Brasil ?

Qual o destaque que os jornais do Ali Kamel deram ao salario minimo que vai abrir 2012 ?

E sobre a redução de impostos ?

O PiG (*) e seus colonistas (**) só falam de “carga tributária”, a mais alta do mundo (no Farol era maior …).

A Dilma reduziu os impostos de 5 milhões de pequenas empresas e empreendedores individuais.

Reduziu os impostos sobre geladeiras, fogões e maquinas de lavar.

Levou para zero impostos que incidem sobre massa, farinha e pão.

O Ali Kamel mostrou isso, amigo navegante ?

Não, o Ali Kamel gosta é do “malfeito”.

Até 2014, contou a Presidenta, a Caixa e o Banco do Brasil, que anunciam no jornal nacional – e no Conversa Afiada – vão aplicar R$ 125 bilhões no Minha Casa Minha Vida.

Em 2011 a Dilma entregou 341 mil casas.

Vai entregar outras 400 mil.

E tem 500 mil em construção.

O Ali Kamel tratou disso ?, amigo navegante, logo ele, que, segundo o Florisbal, tem que dar mais atenção à Classe C.

Classe C.

Deve ser proibido falar disso no jornalismo da Globo, porque Classe C traz logo à cabeça o Nunca Dantes e a Presidenta.

E os da pobreza extrema ?

O programa Brasil sem Miséria – contou a Presidenta no Natal – localizou 407 mil famílias que não conseguiam, sequer, ser beneficiadas.

E já recebem, em boa parte, o Bolsa Familia, aquele programa que a grande estadista chilena Monica Cerra considera um incentivo à vagabundagem.

A Presidenta revelou que um milhão e 300 mil crianças e adolescentes foram incorporadas em 2011 ao Bolsa Famiia.

Ou seja, vão receber educação e assistência médica.

Que horror, amigo navegante !

Um milhão e trezentas mil crianças !

Por que o aviãozinho da Globo não acha uma criança dessas ?

Deve ser uma avaria no radar do Ali Kamel.

Diante da notável política tucana de São Paulo de combater o crack com a “Cracolândia”, a Presidenta teve que se esforçar muito para conceber um plano à altura da engenhosidade tucana de São Paulo.

Assim, criou o programa “É possível vencer”, com R$ 4 bilhões para curar e ressocializar os viciados em crack.

Nada será como a “Cracolândia”, uma politica que a Organização Mundial de Saúde vai disseminar mundo afora.

Mas, a Dilma tenta.

E o Pronatec ?, que até 2014 vai levar 8 milhões de jovens para o mundo do Emprego.

Outro dia, no Entrevista Record, este ansioso blogueiro entrevistou o Lincoln Silva, que saiu de uma cidadezinha no Sul da Bahia, fez o ProUni, entrou no Senac e foi um dos primeiros a se beneficiar do “Ciência sem Fronteiras”, do Mercadante: Lincoln vai estudar um ano com tudo pago, na Rochester University, no Norte do Estado de Nova York, uma das referencias mundiais em design gráfico.

Isso é uma ofensa à elite que o Ali Kamel representa !

Uma agressão ideológica !

Dar Educação e Emprego a um filho de costureira com ouriveres, como o Lincoln.

Dilma falou nove vezes em Emprego.

Você sabia disso, amigo navegante ?

Que a palavra “Emprego“ é uma marca do Governo Dilma ?

Pois é, amigo navegante, quem manda você e o Bernardo se curvarem ao PiG ?

A questão, amigo navegante, não é só a necessidade de o Governo prestar contas e a sociedade saber o que o Governo faz.

Por exemplo: a Presidenta vai passar o Réveillon numa base da Marinha na Bahia.
Onde passará o Cerra ?

A questão não é fazer “propaganda” dos feitos do Governo.

É a Democracia, Bernardo.

A Política é a linguagem da Democracia, diz o Ciro Gomes.

“Linguagem”, ou “Política” diz este ansioso blogueiro, quer dizer “Comunicação”, “Retórica” – Padre Vieira, Churcill, não é isso ?

Como diz o Comparato, “comunicação” é um Direito do Homem.

Segundo os Iluministas da Revolução Francesa, no século XVIII.

Já imaginou, amigo navegante, se o Churchill não tivesse a rádio (pública) da BBC ?

Perdia a Guerra, porque muitos ingleses (na elite e, portanto, na mídia) eram cripto-nazistas.

Bernardo, os amigos navegantes entendem que a Ministra da Casa Civil queira ser Governadora do Paraná.

Mas, Bernardo, tira o Franklin da gaveta !

Paulo Henrique Amorim

Natal e Ano Novo: mensagem do presidente Rui Falcão

Presidente do PT, Rui Falcão, gravou mensagem à militância.

Mobilize-se por seus sonhos
Mobilize-se pelo que você acredita!
Mobilize-se pela Vida!
Mobilize-se para o Brasil continuar mudando!
Mobilize-se pelo crescimento do PT!
Mobilize-se por Você.


Boas Festas e um 2012 de muita Mobilização!

A melhor do mundo: Petrobras recebe prêmio internacional

O petista Sérgio Gabrielli, da Petrobras, recebe prêmio como a melhor empresa do mundo. (Foto Agência Petrobras)

O presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli de Azevedo recebeu a premiação em cerimônia realizada em Nova York

A Petrobras foi duplamente premiada pelo Platts Global Energy Awards como Empresa de Energia e Produtora de Energia do Ano. O presidente José Sergio Gabrielli de Azevedo recebeu a premiação em cerimônia realizada no restaurante Cipriani, em Nova York, ocasião em que os vencedores foram anunciados.

Aplaudido por mais de 100 executivos de todo o mundo, Gabrielli destacou “o reconhecimento de que a empresa está trilhando o caminho certo”. A agência Platts, uma das líderes mundiais em informações sobre energia e commodities, ressaltou a representatividade e os avanços da Petrobras no setor de energia e gás. Foram avaliados critérios como inovação tecnológica, responsabilidade ambiental, eficiência e compromisso com sustentabilidade. A solenidade aconteceu no início deste mês.

A agência Platts realiza o Platts Global Energy Awards há 12 anos com o objetivo de homenagear empresas de energia por seu desempenho e inovação. Nesta edição, o prêmio contemplou 19 vencedores, escolhidos por um painel independente de especialistas internacionais, que inclui ministros de energia, representantes de órgãos reguladores, executivos de grandes empresas do setor, legisladores e acadêmicos.

A Petrobras também foi finalista nas categorias Liderança do Setor e CEO do Ano. Em 2008, a Companhia foi considerada a Produtora de Petróleo e Gás do Ano na mesma premiação.


Fórum Global de Energia

Gabrielli participou também do 5º Global Energy Outlook Forum, promovido pela Platts. Como convidado de honra, falou sobre o pioneirismo da Petrobras nas operações em águas ultraprofundas e sobre o desenvolvimento da indústria do petróleo no Brasil.

Gabrielli destacou a demanda crescente por energia em mercados emergentes, como Brasil, China e Índia, e as perspectivas de crescimento nesses países. O presidente da Petrobras ressaltou, ainda, a importância dos investimentos em eficiência energética e em biocombustíveis para a construção de um futuro sustentável. 


(Ricardo Weg – Portal do PT, com informações da Agência Petrobras)

Dilma: “Não descansaremos até atingir nossa meta de tirar 16 milhões de pessoas da miséria”

Presidenta Dilma Rousseff (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

Medidas de reforço ao Bolsa Família resultaram na inclusão de mais 1,3 milhão de crianças e adolescentes no programa

Nos primeiros seis meses do Plano Brasil sem Miséria o governo federal superou a meta para 2011 e localizou 407 mil famílias que tinham direito ao Bolsa Família mas que ainda não estavam no programa. Destas, 325 mil já estão recebendo o benefício, informou a presidenta Dilma Rousseff hoje (26) no programa Café com a Presidenta.
Para identificar essas famílias, explicou a presidenta, foi fundamental a chamada Busca Ativa, estratégia pela qual o governo localiza as pessoas extremamente pobres, ou seja, com renda de até R$ 70 mensais. Dilma Rousseff ressaltou a parceria dos estados e do Distrito Federal, que aderiram ao Plano, e lembrou que os estados do Amapá, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Distrito Federal decidiram complementar o dinheiro que as famílias mais pobres recebem do programa Bolsa Família.

“Até 2013, nós vamos, com certeza, encontrar todos que ainda não estão no Bolsa Família e dar a eles o direito e as condições para que deixem de ser extremamente pobres.”

Ela disse, ainda, que medidas de reforço ao Bolsa Família, como a ampliação do número de benefícios por família, de três para cinco filhos de até 15 anos, resultaram na inclusão de mais 1,3 milhão de crianças e adolescentes no programa.

“Fizemos também mudanças para proteger mais as mães e as futuras mamães – criamos o Bolsa Gestante e o Bolsa Nutriz. As duas bolsas já começaram a ser pagas para 92 mil mulheres que estão amamentando e 25 mil gestantes”, destacou.

Ao falar sobre a inclusão produtiva, um dos eixos do Brasil sem Miséria, a presidenta frisou que no campo foi iniciada a distribuição de 375 mil toneladas de sementes e destacou avanços no programa Água para Todos, com a construção de 315 mil cisternas. Já nas cidades, a presidenta lembrou que por meio do Pronatec foram destinadas 61 mil vagas de qualificação em 161 municípios para os beneficiários do Plano, em áreas como construção civil, serviços, hotelaria, comércio, indústria, bares, restaurantes e cuidado com os idosos.

“Em todo lugar que vou, chego à mesma conclusão: o povo não quer favor, quer oportunidade. O Brasil está cheio de oportunidades para quem quer melhorar seu negócio e para quem quer emprego. Com certeza estamos no caminho certo. Não descansaremos até atingir nossa meta, de tirar 16 milhões de pessoas da miséria. O Brasil que estamos construindo não é apenas para alguns, mas, sim, ele só é grande e forte se for para os 190 milhões de brasileiros e de brasileiras.”



Dilma: “Não descansaremos até atingir nossa meta de tirar 16 milhões de pessoas da miséria” by ptbrasil

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

PT vai levar experiência de sucesso do governo federal para os municípios

Falcão: 2011 com mobilização, luta, garra, que nós todos precisamos para o Brasil continuar crescendo. (Foto Uiara Lopes - PT)

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, faz um balanço do governo, do PT, e discorre sobre as perspectivas e estratégias para o ano eleitoral de 2012.


Em seu mandato como presidente nacional do PT, Rui Falcão, priorizou o contato direto com o partido nos estados. “Nós pudemos viajar o país todo, entrar em contato com a militância de todas as capitais e de algumas regiões do interior, pudemos constatar que o PT está mobilizado, está atuando para continuar transformando o Brasil, neste processo que se iniciou com o Presidente Lula”.

Falcão destaca que o governo Dilma Rousseff mantém e amplia as conquistas populares iniciadas por Lula. “O nosso governo da Presidenta Dilma, tem grande aprovação, fez grandes realizações neste ano, lançou o Brasil Sem Miséria, o Pronatec, o Brasil Maior (de proteção da indústria nacional), adotou medidas de proteção contra a crise, e o Brasil é hoje um país que, se não está imune a esta grande crise mundial, pelo menos em conjunto com os países da América Latina vem levando à frente um programa de reformas de fortalecimento do mercado interno, de defesa da nossa economia, que tem garantido que a gente ultrapasse esta crise que foi provocada pela especulação financeira, pela ação dos grandes bancos internacionais, que fizeram os países da Europa assumirem as suas dívidas e agora estão impondo sacrifícios à população”.

Rui Falcão afirma ainda que nossa economia cresceu neste ano de 2011, e a perspectiva do crescimento para o ano de 2012 é superior, com controle inflacionário e com geração de emprego, portanto um “balanço positivo”.
Sobre as eleições municipais de 2012, Rui Falcão destaca que o PT irá levar ao debate com a população duas propostas principais: mostrar o projeto de país e o debate local, sobre o modo petista de governar.

“A primeira é mostrar o nosso projeto de país, tudo o que vem sendo feito no Brasil, o que tem sintonia com a ação nos municípios também, então nós queremos que este projeto nacional seja tema de debate nas eleições, naturalmente também nós vamos ter os programas para os municípios, e aí nós temos governos exemplares do modo petista de governar, que vamos levar estas propostas também para os municípios” – e completa – “é um debate geral do projeto de país e um debate local sobre as soluções de políticas públicas para os municípios, que nós governamos, e queremos continuar governando, por aqueles que nós queremos reconquistar, que já governamos no passado, e para as cidades estratégicas, que são polos de radiação de políticas, que nós queremos disputar com candidaturas próprias, com grande chance de vitória”.


Aniversário do PT homenageará primeiro filiado

Sobre a mobilização da militância e da população em geral, Rui Falcão informa que em fevereiro próximo, o PT irá comemorar seus 32 anos de fundação, onde será feita uma homenagem a Apolônio de Carvalho, o 1º filiado, que completaria 100 anos no dia 09 de fevereiro, e que foi “um herói do povo brasileiro”, define Falcão.

Na sequencia desta homenagem o PT irá organizar um grande encontro de “prefeitos e prefeitas, deputados e deputadas estaduais do PT”, onde serão discutidas as eleições municipais de 2012. Rui informa que em maio ocorrerá em Porto Alegre (RS), uma reunião do Diretório Nacional do PT, onde serão debatidas novas estratégias – “quais as linhas gerais do modo petista de governar que nós vamos estabelecer como diretrizes para nossas campanhas”.

Falcão informa ainda que antes deste evento, está programada para Salvador (BA), uma Conferência Eleitoral, que será “uma largada para as candidaturas dos nossos prefeitos, prefeitas e vereadores” e conclui que estes são os eventos já programados para 2012. Para tanto o PT já convoca a militância, prefeitos, dirigentes e lideranças para participarem. A expectativa é que no aniversário de 32 anos do PT o presidente Lula esteja plenamente recuperado, e possa participar do evento, junto com a presidenta Dilma.

Mensagem de fim de ano

"Nós tivemos agora o nosso programa de TV (na TV aberta), que eu acho que foi um programa bem petista, que convoca as pessoas a se manterem mobilizadas, que chama as pessoas a se filiarem no PT, inclusive pode se filiar pela internet, no nosso portal (www.pt.org.br), e a mensagem que eu deixo aqui, é que as pessoas continuem solidárias, fraternas, participando deste grande projeto de um país justo, soberano, que nós estamos construindo juntos, que tenham um bom Natal, solidário com a suas famílias, e que a gente no ano de 2012 entre com a disposição com que nós nos comportamos em 2011. Muita mobilização, muita luta, muita garra, que é disso que nós todos precisamos para o Brasil continuar crescendo".

(Adriano Lozado e Ricardo Weg – Portal do PT)
 

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Veja quem assinou a CPI da Privataria

Deputado Partido Estado
ALEXANDRE LEITE DEM SP
EFRAIM FILHO DEM PB
MENDONÇA PRADO DEM SE
ONYX LORENZONI DEM RS
PAUDERNEY AVELINO DEM AM
ALICE PORTUGAL PCdoB BA
ASSIS MELO PCdoB RS
CHICO LOPES PCdoB CE
DANIEL ALMEIDA PCdoB BA
DELEGADO PROTÓGENES PCdoB SP
EVANDRO MILHOMEN PCdoB AP
JANDIRA FEGHALI PCdoB RJ
JÔ MORAES PCdoB MG
JOÃO ANANIAS PCdoB CE
LUCIANA SANTOS PCdoB PE
MANUELA D’ÁVILA PCdoB RS
OSMAR JÚNIOR PCdoB PI
PERPÉTUA ALMEIDA PCdoB AC
ANDRÉ FIGUEIREDO PDT CE
ÂNGELO AGNOLIN PDT TO
BRIZOLA NETO PDT RJ
DR. JORGE SILVA PDT ES
ENIO BACCI PDT RS
MANATO PDT ES
MARCELO MATOS PDT RJ
MARCOS MEDRADO PDT BA
MARCOS ROGÉRIO PDT RO
MIRO TEIXEIRA PDT RJ
PAULO RUBEM SANTIAGO PDT PE
REGUFFE PDT DF
SEBASTIÃO BALA ROCHA PDT AP
SUELI VIDIGAL PDT ES
VIEIRA DA CUNHA PDT RS
WEVERTON ROCHA PDT MA
WOLNEY QUEIROZ PDT PE
ADRIAN PMDB RJ
ALBERTO FILHO PMDB MA
ANÍBAL GOMES PMDB CE
DANILO FORTE PMDB CE
EDINHO ARAÚJO PMDB SP
EDSON EZEQUIEL PMDB RJ
ELCIONE BARBALHO PMDB PA
FRANCISCO ESCÓRCIO PMDB MA
MARLLOS SAMPAIO PMDB PI
MAURO BENEVIDES PMDB CE
MAURO LOPES PMDB MG
NELSON BORNIER PMDB RJ
OSMAR SERRAGLIO PMDB PR
PROFESSOR SETIMO PMDB MA
RAIMUNDÃO PMDB CE
RENAN FILHO PMDB AL
WASHINGTON REIS PMDB RJ
WILSON FILHO PMDB PB
ALINE CORRÊA PP SP
CIDA BORGHETTI PP PR
IRACEMA PORTELLA PP PI
JAIR BOLSONARO PP RJ
REBECCA GARCIA PP AM
SANDES JÚNIOR PP GO
ALMEIDA LIMA PPS SE
RUBENS BUENO PPS PR
SANDRO ALEX PPS PR
ANTHONY GAROTINHO PR RJ
GIACOBO PR PR
HENRIQUE OLIVEIRA PR AM
IZALCI PR DF
LAERCIO OLIVEIRA PR SE
LINCOLN PORTELA PR MG
LUCIANO CASTRO PR RR
MAURÍCIO QUINTELLA LESSA PR AL
PAULO FEIJÓ PR RJ
PAULO FREIRE PR SP
RONALDO FONSECA PR DF
TIRIRICA PR SP
VALDEMAR COSTA NETO PR SP
WELLINGTON FAGUNDES PR MT
ZOINHO PR RJ
CLEBER VERDE PRB MA
JÂNIO NATAL PRP BA
ABELARDO CAMARINHA PSB SP
ANTONIO BALHMANN PSB CE
ARIOSTO HOLANDA PSB CE
CABO JULIANO RABELO PSB MT
DR. UBIALI PSB SP
EDSON SILVA PSB CE
GIVALDO CARIMBÃO PSB AL
GLAUBER BRAGA PSB RJ
GONZAGA PATRIOTA PSB PE
JANETE CAPIBERIBE PSB AP
JOSE STÉDILE PSB RS
KEIKO OTA PSB SP
LAUREZ MOREIRA PSB TO
LUIZ NOÉ PSB RS
LUIZA ERUNDINA PSB SP
PAULO FOLETTO PSB ES
ROMÁRIO PSB RJ
SEVERINO NINHO PSB PE
ANDRE MOURA PSC SE
PASTOR MARCO FELICIANO PSC SP
ADEMIR CAMILO PSD MG
DR. PAULO CÉSAR PSD RJ
FRANCISCO ARAÚJO PSD RR
ONOFRE SANTO AGOSTINI PSD SC
RICARDO IZAR PSD SP
WALTER TOSTA PSD MG
FERNANDO FRANCISCHINI PSDB PR
JORGINHO MELLO PSDB SC
LUIZ CARLOS PSDB AP
NELSON MARCHEZAN JUNIOR PSDB RS
DR. GRILO PSL MG
CHICO ALENCAR PSOL RJ
IVAN VALENTE PSOL SP
JEAN WYLLYS PSOL RJ
ALESSANDRO MOLON PT RJ
AMAURI TEIXEIRA PT BA
ANDRE VARGAS PT PR
ANGELO VANHONI PT PR
ARTUR BRUNO PT CE
ASSIS CARVALHO PT PI
ASSIS DO COUTO PT PR
BETO FARO PT PA
BIFFI PT MS
BOHN GASS PT RS
CARLOS ZARATTINI PT SP
CHICO D’ANGELO PT RJ
CLÁUDIO PUTY PT PA
DEVANIR RIBEIRO PT SP
DOMINGOS DUTRA PT MA
DR. ROSINHA PT PR
ELIANE ROLIM PT RJ
EMILIANO JOSÉ PT BA
ERIKA KOKAY PT DF
EUDES XAVIER PT CE
FÁTIMA BEZERRA PT RN
FERNANDO FERRO PT PE
FERNANDO MARRONI PT RS
FRANCISCO PRACIANO PT AM
GABRIEL GUIMARÃES PT MG
GERALDO SIMÕES PT BA
HENRIQUE FONTANA PT RS
JANETE ROCHA PIETÁ PT SP
JOÃO PAULO CUNHA PT SP
JOÃO PAULO LIMA PT PE
JOSÉ DE FILIPPI PT SP
JOSÉ GUIMARÃES PT CE
JOSÉ MENTOR PT SP
JOSEPH BANDEIRA PT BA
JOSIAS GOMES PT BA
LEONARDO MONTEIRO PT MG
LUCI CHOINACKI PT SC
LUIZ ALBERTO PT BA
LUIZ COUTO PT PB
MÁRCIO MACÊDO PT SE
MARCON PT RS
MARINA SANTANNA PT GO
MIRIQUINHO BATISTA PT PA
NAZARENO FONTELES PT PI
NELSON PELLEGRINO PT BA
NEWTON LIMA PT SP
PADRE JOÃO PT MG
PADRE TON PT RO
PAULO PIMENTA PT RS
PEDRO UCZAI PT SC
PEPE VARGAS PT RS
POLICARPO PT DF
REGINALDO LOPES PT MG
RICARDO BERZOINI PT SP
ROGÉRIO CARVALHO PT SE
RONALDO ZULKE PT RS
RUBENS OTONI PT GO
SIBÁ MACHADO PT AC
TAUMATURGO LIMA PT AC
VALMIR ASSUNÇÃO PT BA
VANDER LOUBET PT MS
VANDERLEI SIRAQUE PT SP
VICENTE CANDIDO PT SP
VICENTINHO PT SP
WALDENOR PEREIRA PT BA
WELITON PRADO PT MG
ZÉ GERALDO PT PA
ARNON BEZERRA PTB CE
NELSON MARQUEZELLI PTB SP
SILVIO COSTA PTB PE
LOURIVAL MENDES PTdoB MA
PAULO WAGNER PV RN

PT se prepara para disputa eleitoral de 2012 e reúne executivo e legislativo

Secretário Nacional de Assuntos Institucionais do PT, Geraldo Magela, convida prefeitos e deputados estaduais para participar de encontro sobre estratégias eleitorais

O Partido dos Trabalhadores já começou a mobilização para as eleições municipais de 2012. O primeiro evento desta agenda política é a realização do Encontro Nacional de Prefeitos e Prefeitas e de Deputados e Deputadas Estaduais Petistas. O evento acontece em Brasília no dia 10 de fevereiro de 2012. “O que nós queremos nesse dia é refletir e traçar as orientações para as eleições municipais. Daqui sairá a linha que os nossos candidatos vão adotar na próxima disputa eleitoral”, ressalta o Secretário Nacional de Assuntos Institucionais do PT, Geraldo Magela.

Os mais de 500 prefeitos e 140 deputados estaduais petistas que vierem ao Encontro também vão participar das comemorações pelo 32º aniversário do PT, comemorado no mesmo dia. “Queremos com isso marcar para o Brasil todo a importância de 2012 para o nosso partido. Vamos ter um ato de comemoração do aniversário do PT no mesmo dia, ao final da tarde - início da noite – com a presença da presidenta Dilma. Esperamos contar também com a presença do ex-presidente Lula” –explica Magela sobre a coincidência das datas do evento e de aniversário do partido. 

O secretário ressalta a importância das eleições municipais do ano que vem para o PT: “além de estarmos disputando o poder municipal, onde as pessoas vivem, nós também precisamos criar as bases de sustentação do nosso projeto nacional. Nós estamos no terceiro mandato de um grande projeto de transformação nacional. Essa transformação tem que se dar no plano nacional, nos estados e principalmente nos municípios. O fato do PT crescer nas eleições municipais ajuda na sustentação do nosso projeto nacional”.

(Jamila Gontijo – Portal do PT)

PPA destinará R$ 2 bilhões para a implantação da infraestrutura de banda larga

Deputados comemoram aumento de recursos para banda larga no PPA

O Plano Plurianual (PPA) 2012-2015, aprovado nesta terça-feira (20) em sessão conjunta do Congresso Nacional, destinou R$ 2 bilhões para a implantação da infraestrutura de banda larga. Deputados petistas comemoraram a proposta do relator do PPA, o senador Walter Pinheiro (PT-BA). Segundo o relator, essa foi “uma reivindicação de quase todas as bancadas estaduais” durante o processo de elaboração do PPA. “O plano inicial veio com 50 milhões de reais para o programa da banda larga e nós aportamos dois bilhões para superar essa grave deficiência de oferta de serviços de banda larga no País”, disse Pinheiro.


Para o deputado Newton Lima (PT-SP), relator da subcomissão especial que acompanha a implantação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), esse montante permitirá que a infraestrutura de banda larga chegue às localidades mais remotas do Brasil, nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. “Por conta dos altos custos de transmissão, as operadoras de telefonia não têm interesse de levar banda larga para os locais mais isolados do País.

Considerando que queremos que a banda larga seja um direito de todos os brasileiros, independente de onde morem, inclusive dos nossos povos indígenas, é um avanço extraordinário a decisão da comissão de ter ampliado no PPA os recursos para banda larga, de 50 milhões para dois bilhões de reais. Comemoro muito essa decisão na qualidade de relator da subcomissão de banda larga”, disse Newton Lima.

Outro que enalteceu a medida foi o deputado Emiliano José (PT-BA), um dos principais especialistas em comunicação da bancada petista. “O senador Pinheiro é da área de telecomunicações e teve sensibilidade e compreensão para aumentar os recursos destinados à ampliação da banda larga, fato que terá um impacto muito positivo nos âmbitos educacional, cultural e dos direitos de cidadania em geral. A banda larga visa promover o direito humano à comunicação e é o Estado que deve assegurar esse direito, já que não podemos depender das empresas de telefonia”, afirmou Emiliano, que é um dos coordenadores da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular.

(Rogério Tomaz Jr / PT na Câmara)

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Salário mínimo em 2012 será de R$ 625,00 (+- 350 dolares)

 
Nos últimos anos, e a partir da política do governo Lula, tivemos a ascensão do poder aquisitivo das classes C e D. Neste mesmo alinhamento socioeconô-mico, o aumento do salário mínimo muito contribuiu para o aquecimento da economia, é justamente a ascensão dessas classes é que vêm ajudando o Brasil a superar as crises internacionais. Equando há aumento real, como neste caso, todo salário a mais vai direto para o consumo

O salário mínimo em 2012 será de R$ 625,00. Esse valor, que será anunciado oficialmente pelo governo na semana que vem, começa a vigorar em 1º de janeiro. O reajuste, de 14,7%, deve ser pouco superior ao que prevê a regra de gatilho salarial acertada entre a presidente Dilma Rousseff e as centrais sindicais, em fevereiro.

O índice de reajuste leva em conta a variação da inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior (no caso, 2011), e o Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes (2010).

O parecer final da área de Trabalho, Previdência e Assistência Social da Comissão Mista de Orçamento, no Congresso, fixou o mínimo em R$ 622,73. É esse valor que está nas mãos dos relatores do Orçamento, o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) e o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). O reajuste aprovado pelos parlamentares, de 14,26%, leva em conta estimativa de INPC de 6,7% em 2011 - o resultado final só será conhecido no fim de janeiro, quando o INPC de dezembro será divulgado.

O novo valor do salário mínimo proposto pelo governo federal, é bem recebido, o piso nacional estará remunerando milhares de trabalhadores acima da inflação e toda a diferença a mais será revertida ao consumo, comportamento que manterá as vendas aquecidas e a ascensão do mercado interno

O valor do novo piso nacional é 14,26% superior ao que vigora em 2011. Com a inflação de 2011 de cerca 6,6% descontada desse percentual de mais de 14%, temos um aumento real, sem a corrosão inflacionária, de quase 8% e isso vai direto ampliar o poder de consumo das famílias e fortalecer o mercado interno

Conforme proposta do Ministério do Planejamento, o mínimo foi elaborado com uma previsão de inflação de 6,65%, mais a taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010, que foi de 7,5, o que levou ao aumento de 14,26%, ou para R$ 622,73. Arredondado para 625

Pedido de "CPI da Privataria" chega à Câmara nesta quarta, diz Protógenes

Nomes dos deputados que assinaram pedidos são mantidos em sigilo para evitar pressão sobre deputados, o que "atrapalharia tudo em vez de ajudar"

Rede Brasil Atual

Segundo a assessoria do deputado, a lista com os nomes que apoiarão as investigações será divulgada logo após o requerimento ser entregue à presidência da Câmara (Foto: Reprodução/ Fun Page Deputado Protógenes Queiroz)
São Paulo – O deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP) promete entregar ainda na manhã de quarta-feira (21) ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), o requerimento para que a Casa instale a CPI da Privataria. O pedido é voltado a apurar as denúncias contidas no livro "A Privataria Tucana", do jornalista Amaury Ribeiro Jr.

Protógenes garante que a lista de apoio à iniciativa ultrapassa com folga o mínimo de 171 assinaturas exigidas pela Constituição. Na relação figuram nomes até do próprio PSDB. Mas o parlamentar prefere não antecipar nomes. "Isso só provocaria mais pressão sobre os deputados, haveria muito barulho da imprensa e atrapalharia tudo, em vez de ajudar", defende.

Amaury Ribeiro Júnior participa de um lançamento da obra na noite desta quarta-feira, em São Paulo. No livro, ele descreve e enumera evidências de lavagem de dinheiro, corrupção e desvio de recursos públicos cometidos por pessoas ligadas ao PSDB durante as privatizações de empresas estatais, no período do governo Fernando Henrique Cardoso. Ricardo Sérgio de Oliveira, – ex-diretor da área internacional do Banco do Brasil e ex-caixa de campanhas eleitorais do PSDB – e  parentes do ex-governador José Serra (PSDB) estão entre os principais acusados.

Segundo a assessoria de gabinete de Protógenes, a lista com os nomes que apoiarão as investigações será divulgada logo depois de o requerimento ser oficialmente entregue à presidência da Câmara. O deputado garante que Marco Maia está comprometido com a instalação imediata da comissão, que no entanto só deverá efetivamente iniciar seus trabalhos a partir de fevereiro de 2012, após o recesso parlamentar.

Queiroz afirmou que passaria boa parte desta terça-feira (20) angariando novas assinaturas ao requerimento de sua autoria. "A expectativa é positiva, há um grande incômodo entre os deputados por conta dos relatos e da farta documentação do livro do Amaury e muitos querem que os fatos sejam apurados."

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Goleada do Barcelona sobre o Santos vira desenho animado

A goleada do Barcelona sobre o Santos por 4 a 0 na final do Mundial de Clubes ainda repercute bastante. O banho de bola, nas palavras de Johan Cruyff, ganhou uma versão em desenho animado, no melhor estilo japonês.

O vídeo circula no Youtube e conta até com a participação de personagens de outros desenhos japoneses e da vida real, como o técnico José Mourinho. O português é retratado assistindo pela TV ao show do Barça.

A conquista de Dilma


No apagar das luzes de 2011 se en- cerra o primeiro ano do governo da presidente Dilma Rousseff, e ela já tem uma vitória conquistada. Passada a prova de fogo inicial de substituir um líder carismático como Lula, a avaliação de seu governo é bastante positiva. A aprovação de Dilma cresceu em dezembro em grande parte por conta da situação econômica. Além disso, as pesquisas mostram que as denúncias, que provocaram a queda de ministros ao longo do ano, não foram o suficiente para arranhar a imagem da presidente; ao contrário, o enfrentamento da situação lhe rendeu pontos a favor. Segundo o Ibope, 56% dos entrevistados consideram sua administração ótima ou boa, ante 51%, em setembro. -

Esses índices colocam a presidente Dilma, que nunca foi uma política experiente, em melhor patamar que seus antecessores. Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, políticos natos, obtiveram 41% e 43%, respectivamente, em igual período. Os dados indicam ainda que, mesmo com a situação de crise, tanto na política local como incertezas
internacionais, Dilma vem conduzindo seu governo de forma equilibrada, resolvendo problemas e "apagando incêndios" no momento certo. E essa aprovação em dezembro ocorre exatamente no momento mais delicado para a presidente, quando uma avalanche de denúncias atingiu o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Acuado, ele começou a ter reações exageradas, metendo os pés pelas mãos. E Dilma, com firmeza, conduziu o caso de forma exemplar, sem exageros e mantendo a calma.

Paralelamente à política, o que se percebe é que há uma correlação muito forte entre a avaliação do governo e a questão do desemprego e do crescimento da
economia. Ou seja, para o povo o que importa é ter uma situação econômica melhor e emprego garantido.

Por outro lado, houve queda entre os que desaprovam as ações de combate à inflação e a política de juros do governo, mas eles ainda superam o patamar de 50%, tendo passado de 55% em setembro para 52% em dezembro.

O ponto mais delicado apontado na administração de Dilma é o mesmo dos governos anteriores: tributos. A alta
carga tributária continua atrapalhando todos os brasileiros, exigindo uma posição mais definitiva por parte do governo.
 DCI - http://www.dci.com.br/A-conquista-de-Dilma-4-402322.html

PRESENTE DE NATAL

A banda larga avança.

Governo está trabalhando para levar internet banda larga a todos os municípios, diz presidenta


O governo federal está trabalhando a todo vapor para levar internet em banda larga a todos os municípios até 2014, informou a presidenta Dilma Rousseff na coluna Conversa com a Presidenta, publicada hoje (20). Segundo ela, a meta é elevar para 60% o total de casas com acesso rápido à rede mundial de computadores. Hoje, apenas 27% dos domicílios têm internet.


“Com o Programa Nacional de Banda Larga e a participação da Telebras, vamos levar as conexões de internet para áreas mais afastadas, para as cidades do interior do Brasil, incluindo a Amazônia, onde as empresas de telefonia ainda não oferecem o serviço”, disse a presidenta ao agricultor Erno Walter Schmidt, de Navegantes (SC).


Ela explicou ainda que o governo já reduziu à metade o preço médio das assinaturas, que antes era de R$ 70 e agora está em R$ 35, para uma velocidade de um megabit por segundo. Além disso, a Anatel fará um novo leilão para permitir que todas as áreas rurais do Brasil contem com serviços de telefonia e conexão à internet.


A presidenta Dilma também esclareceu ao agente educacional Gilberto Ribas da Silva, morador de Marechal Cândido Rondon (PR), que, para obter financiamento da casa própria na Caixa Econômica, o cliente não precisa comprar seguros, adquirir cartão de crédito, fazer investimentos ou abrir caderneta de poupança. Caso essa orientação seja descumprida, o fato deve ser comunicado ao Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 726 0101, que funciona 24 horas por dia, de segunda-feira a domingo. Se o caso não for resolvido, o caso deve ser levado à Ouvidoria da Caixa, no telefone 0800 725 7474.


“Embora a Caixa tenha todo interesse em vender seus produtos e serviços, a decisão de comprar é sempre uma opção do cliente”, explicou a presidenta.


Segundo ela, a Caixa é e continuará sendo o principal instrumento do governo para viabilizar o acesso à moradia. Somente na segunda fase do Minha Casa Minha Vida, serão investidos R$ 125,7 bilhões, dos quais R$ 72,6 bilhões serão subsídios para viabilizar a aquisição da casa própria pelas famílias de mais baixa renda.


À dona de casa Rosangela Boueri, de São Paulo (SP), a presidenta Dilma falou sobre as ações do governo para garantir a segurança da população. Uma delas é o apoio à instalação das UPPs no Rio de Janeiro, que permitem a retomada de territórios antes dominados pelo tráfico. Além disso, disse a presidenta, o governo implantou o Plano Estratégico de Fronteiras, com as Forças Armadas e as forças de segurança federais e estaduais operando juntas para evitar que drogas e armas cheguem às nossas cidades. Outra importante medida é o lançamento do plano Crack, é possível vencer, com ações para garantir o atendimento dos dependentes e fortalecer a prevenção e combate ao tráfico.


“Nossas políticas voltadas para o crescimento e a geração de empregos, com aumentos reais dos salários, aliadas aos programas sociais, têm também um papel importante na segurança, ao garantir um país com mais justiça social. Quanto à educação, além da construção de seis mil creches e pré-escolas, continuamos implantando escolas técnicas e universidades no interior e criamos o Pronatec, para oferecer oportunidades de educação profissional e qualificação a oito milhões de jovens e trabalhadores brasileiros. Essas são algumas iniciativas para garantir que tenhamos um país mais seguro e com mais harmonia”, concluiu a presidenta.

Do Blog CONVERSA AFIADA.

Comentaristas, Que Aconteceu... ???

Venho assistindo os programas de esportes na televisão, e principalmente sobre como a mídia golpista esportiva se convalesceu com a saraivada que o Santos levou do Barcelona. Atônitos, muitos procuram formular teses e encontrar argumentos que possam dar alguma sustentabilidade para o seu raciocínio.
 
Patético, ver algumas dessas explicações, principalmente do arrogante Técnico Santista, Muricy Ramalho, disse ele, "[...] eles jogam no 3,7,0, se eu jogasse assim no Brasil, estaria demitido [...]" e ai essa frase se repercutiu em quase todos os comentaristas, fazendo análises das mais estapafúrdias, ou seja, não é um 3,7,0 como disse Muricy, mas é um 0,3,7 porque a zaga do Barcelona joga no meio do campo do adversário, uma dificuldade de reconhecer um futebol de qualidade, é tanta, que ontem, o bravo representante da imprensa golpista esportiva, Galvão Bueno, tentava com seus convidados achar saídas, vendo que não era possível, tentou isentar o Santos de qualquer culpa pelo fracasso, e se referia ao futebol brasileiro do passado, num breve saudosismo, se efetivamente fazer uma análise, é que o Brasil tem ótimos jogadores, só que precisa parar de convocar o que a imprensa, os patrocinadores e o Ricardo Teixeira quer e convocar os que realmente jogam, chega de marketing, de uma publicidade exacerbada, e vamos colocar os caras pra suar e jogar bola, que alias ganham bem demais pra isso.
 
Ídolo deveria ser um referencial de vida, alguém que de fato se doou a uma sociedade, que mudou paradigmas de atuação, que interferiu positivamente na sua realidade, e lutou por ideais como democracia, dignidade humana, respeito e dedicação, para que possamos ai sim, aproveitar o lazer e a saúde que o esporte pode nos sujeitar e no entreter, quem sabe se o mercado só fizer no Brasil o seu papel de mercado, e o futebol o do futebol, quem sabe um dia não temos um Barcelona, tanto em time, quanto de estrutura.
 
Do Blog do Joel Santana.

Chinaglia apresenta parecer final e confirma R$ 5 bilhões a mais para Saúde

Seg, 19 de Dezembro de 2011 17:21
chinaglia-191211_D1O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), relator-geral da proposta orçamentária para 2012, entregou nesta segunda-feira (19) seu parecer final que prevê para o próximo ano recursos da ordem de R$ 2,25 trilhões , com previsão de aumento de recursos para a área da saúde que chega a quase R$ 5 bilhões. Com esse incremento, o orçamento para área será de mais de R$ 92 bilhões em 2012.

A novidade do orçamento, de acordo com Chinaglia, são as emendas de iniciativa popular que, sozinhas, destinam R$ 2,2 bilhões para a saúde. "Essa nossa proposta é inédita e acontece pela primeira vez na história da elaboração do Orçamento da União. Além disso, significa um aumento entre 7% e 8%, porque também acrescentamos valores para determinados programas da área da saúde", disse o relator-geral.

As emendas de iniciativa popular, idealizadas pelo relator, preveem que 4,9 mil municípios com população de até 50 mil habitantes poderão indicar emendas para o Orçamento da União em valores de R$ 300 mil a R$ 600 mil, dependendo da população. De acordo com as regras, a indicação deve ser feita em audiência pública nas câmaras de vereadores, com participação da prefeitura e da população. Os recursos deverão ser aplicados, entre outros itens, na estruturação da rede de serviços de atenção básica à saúde; em melhorias sanitárias nas residências; e serviços de urgência e emergência da rede hospitalar.

O parecer final de Arlindo Chinaglia manteve a proposta original do governo de corrigir o valor do salário mínimo de R$ 545 para R$ 622,70 a partir de janeiro de 2012. O texto prevê ainda R$ 1 bilhão a mais para as ações do Programa Brasil sem Miséria, o que, de acordo com Chinaglia, "tem por objetivo proteger a parte social, que inclui também o aspecto produtivo, para gerar emprego e oportunidade", disse.

Chinaglia acrescentou também que o Orçamento de 2012 terá R$ 21,7 bilhões a mais em investimentos. "Preferimos destinar recursos para a saúde e investimentos, porque acredito que o aumento no investimento seja a maneira mais segura de gerar empregos, gerar oportunidades e também proteger o Brasil da crise", disse.

O parecer destina R$ 3,4 bilhões para a Lei Kandir (para recompor as perdas dos estados exportadores). Em seu texto, Arlindo Chinaglia também recompôs os R$ 2,7 bilhões que haviam sido cortados nos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o que totaliza para o programa R$ 42,7 bilhões.

Reajuste -
O relator não incluiu no texto recursos para reajuste dos servidores dos Três Poderes. O relatório também não prevê dotação para reajuste a aposentados e pensionistas que ganham acima da inflação. "Para o conjunto do funcionalismo e dos aposentados, colocamos no parecer preliminar a possibilidade de haver algum tipo de atendimento, mas ficou claro que dependeria de negociações com o governo. Os servidores dos vários poderes merecem nosso respeito, mas temos que trabalhar o orçamento em consonância com outros poderes e fazendo aquilo que no momento é possível. Não houve negociação que permitisse", explicou Arlindo Chinaglia.

Agenda - O parecer final do deputado Arlindo Chinaglia deverá ser votado pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) na quarta-feira (21) e, se aprovado, segue para análise do Congresso Nacional na quinta-feira (22). Antes, nesta terça-feira (20), às 12h, está marcada sessão do Congresso para a votação do Plano Plurianual 2012-2015. Logo depois, a CMO se reúne para votar o relatório do deputado Weliton Prado (PT-MG), coordenador do Comitê de Avaliação sobre Obras com Indícios de Irregularidades Graves.

Gizele Benitz

Mulheres debatem ações para promover autonomia e igualdade de gênero

3ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres reune 2 mil mulheres em Brasília
 

Mais de duas mil participantes – entre elas representantes petistas – reuniram-se por quatro dias em Brasília para debater políticas públicas


Mais de duas mil mulheres se reuniram em Brasília durante a 3ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, realizada nos dias 12 a 15 de dezembro. O encontro reuniu representantes de todos os estados, escolhidas em conferências estaduais e municipais, para debater políticas públicas que promovam igualdade de gênero e autonomia para as mulheres.

“As delegadas confirmaram a importância de um conjunto de políticas que configure o programa nacional de autonomia econômica, financeira e pessoal das mulheres brasileiras”, afirmou a ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Políticas para as Mulheres.

As resoluções votadas e aprovadas durante a Conferência serão sistematizadas, compiladas e conduzidas pelo Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) e pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) aos órgãos compatíveis e competentes.

As mulheres petistas também participaram da Conferência. De acordo com a Secretaria Nacional de Mulheres do PT, Laisy Morière, a reforma agrária e as políticas para promoção da independência financeira das mulheres são pontos fundamentais para o avanço da igualdade de gêneros no país.

“Vamos criar uma rede para que as mulheres possam ser inserir no mercado de trabalho, primeiro de maneira digna. Segundo, ganhando o mesmo valor que ganha um homem para que ela possa ter sua autonomia econômica, política, social e cultural, e que ela possa cada vez mais intervir na sociedade” explicou Laisy.

Presidenta Dilma e a chilena Michelle Bachelet participaram da abertura
A abertura da Conferência teve a presença da presidenta Dilma Rousseff e da ex-presidenta do Chile, Michelle Bachelet, que atualmente é a diretora-executiva da ONU Mulheres. 

Confira o áudio completo do discurso da presidenta Dilma e de Michelle Bachelet.

  Dilma Rousseff fala na 3º Conferência de Mulheres Clique no link para ouvir a RádioPT ptbrasil


(Jamila Gontijo - Portal do PT e Apolos Neto - RádioPT)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Popularidade de Dilma sobe e audiência da Globo cai


Por que será, hein?

A TV Globo bate no governo o tempo todo e a popularidade da Presidenta sobe (conforme pesquisa do CNI/Ibope divulgada na semana). Enquanto isso a audiência da TV Globo cai.

O fenômeno vem desde a época do governo do presidente Lula.
O resultado é efeito das trambicagens explícitas que o Jornal Nacional leva ao ar, como a bolinha de papel, e agora, a ocultação no Jornal Nacional da roubalheira tucana denunciada no livro "A Privataria Tucana".

O telejornal passou o ano criando um padrão de cobrança que beira o clima macartista nos EUA nos anos 50, apontando o dedo e pré-condenando qualquer um que se atreva a apoiar o governo Dilma, deturpando as denúncias.

Agora a TV Globo esquece tudo o que disse e escreveu neste ano e não exige nem sequer explicações para os amigos e parentes de José Serra sobre movimentações em empresas off-shore em paraísos fiscais, movimentações milionárias em contas usadas para lavagem de dinheiro, sociedade da filha de Serra com a irmã de Daniel Dantas, presa na operação Satiagraha, contratação de empresa de arapongagem pelo então governador José Serra, etc, etc, etc.

Um colunista do jornalão da emissora (Merval Pereira) desmente FHC reconhecendo que os documentos do livro são oficiais (já abandonando a tese de dossiê Cayman, que não colou), mas acha "normal" a dinheirama de origem suspeita de funcionários do governo tucano, políticos e parentes de José Serra, que comandaram a privataria, transitarem por contas usadas para lavagem de dinheiro. O colunista só faltou dizer que não há no livro um recibo assinado pelos amigos e parentes de José Serra declarando terem recebido propinas. É a mesma estratégia de defesa dos advogados de Paulo Maluf que, quando pego com a boca na botija com contas milionárias em paraísos fiscais, nega tudo na maior cara-de-pau.

Não dá mais para tampar o sol com a peneira. A TV Record noticiou, a TV Bandeirantes noticiou, o assunto foi tema de discursos do líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT/PE), e de protestos do senador serrista Aloysio Nunes (PSDB/SP). Na internet é o assunto político do momento, a editora do livro não consegue atender os pedidos, tamanha a procura. Um pedido de CPI já reuniu mais do que as 171 assinaturas necessárias. FHC, sem saída, já fez um apelo dramático para o PSDB o defender na roubalheira em seu governo, e o presidente do PSDB emitiu nota oficial, quebrando a estratégia de abafar com o silêncio. Tudo isso é notícia obrigatória e quentíssima, que a TV Globo sonega do telespectador.

O preço da perda da credibilidade jornalística, num primeiro momento, foi o telespectador receber com desconfiança denúncias vindas do Jornal Nacional contra gente do governo, pois já percebeu que a Globo tem um "caso de amor" com os demo-tucanos. Em um segundo momento é a perda da audiência. Pior para a Globo, que afunda junto com o tucanato.

EXCLUSIVO - PRIVATARIA TUCANA CHEGA AO CINEMA

CHARGES "A PRIVATARIA TUCANA"


































ELES ENTRARAM PELO TU-CANO

sábado, 17 de dezembro de 2011

FELIZ 2012 (AOS MAIS DE 30 MILHÕES DE HABITANTES DA REPUBLICA POPULAR DO CORINTHIANS)

Palavra do Presidente - Pensar Corinthians é pensar grande!

Sport Club Corinthians Paulista
Pensar Corinthians é pensar grande!

OBRIGADO, PRESIDENTE!Corinthianos da nossa República Popular,

Dirijo-me a vocês pela última vez como Presidente do Corinthians. Saio de licença, mas deixo no meu lugar o meu vice Roberto Andrade que, se não bastassem a suas muitas qualidades, acaba de ser Campeão Brasileiro no cargo de Diretor de Futebol.

Devo iniciar dizendo que, nesses pouco mais de quatro anos de gestão, vivi os momentos de maior honra e de maiores responsabilida-des da minha vida. Serei eterna-mente grato ao Corinthians e aos Corinthianos.

Saio com a convicção de haver comandado uma gestão de muitos êxitos. Saio orgulhoso.

Assumi um clube com a autoestima em baixa. A equipe de futebol logo seria deslocada para série B. O ex-presidente, que já estava há 14 anos no poder, renunciara ao mandato em meio a um processo de impeachment, envolvido em acusações de práticas criminosas. As receitas do ano seguinte estavam comprometidas. O então patrocinador de camisas queria renovar o contrato pela metade dos valores.

Era preciso um choque.
A administração que eu e toda Diretoria decidimos implantar tinha por lema o seguinte pensamento: o Corinthians é muito grande! Deve ser tratado como tal! Devemos sempre buscar o melhor possível, sem nos contentarmos com pouco!

E assim se fez.
Queríamos um Estatuto novo, que devolvesse a democracia ao clube. Lutamos, então, pelo mais democrático Estatuto entre todos os clubes do país, com eleições diretas e proibição de reeleição. Hoje, os donos do Corinthians são os associados. Pensamos Corinthians. Pensamos nos associados.

Para crescer, o primeiro passo era aumentar nossas receitas. Contávamos com nossa marca e nossa Fiel Torcida. Investimos em marketing. Apostamos na paixão incomparável do Corinthiano. Resultado: ganhamos parceiros; aumentamos nossos patrocínios; multiplicamos os produtos licenciados; combatemos a pirataria; criamos as lojas Poderoso Timão para facilitar o acesso do torcedor a produtos oficiais. Nossa marca, hoje, é a mais valorizada. Nossa receita, a maior entre clubes de futebol do país. Pensamos grande.

O parque social carecia de profundas reformas e melhorias. Cuidamos com carinho da Praça Central e acessos; das quadras de tênis; da academia; das churrasqueiras; do Miniginásio; dos campos e vestiários do Canindé; da enfermaria; das quadras; do parque aquático. O clube é nosso. Pensamos na gente.

Era preciso facilitar a vida da nossa torcida para acompanhar o time no estádio. Criamos o programa Fiel Torcedor, evitando filas e assegurando praticidade e comodidade na aquisição de ingressos. Pensamos Corinthians. Pensamos na Fiel.

Queríamos um craque do futebol. Trouxemos o maior. O atleta três vezes eleito melhor do mundo. Maior artilheiro das Copas do Mundo. Um Fenômeno, enfim. Pensamos com ousadia.

Almejamos um time vencedor. Construímos uma base forte. Montamos o time que mais fez pontos nos últimos três campeonatos brasileiros somados. Pela primeira vez na história, disputaremos a Taça Libertadores pela terceira vez consecutiva. Foram duas finais de Copa do Brasil, com uma conquista. Foram duas finas de Paulista, com uma conquista. Sempre soubemos que um grande time se faz em médio prazo, com paciência, perseverando. Como recompensa, destaco o recém-conquistado Campeonato Brasileiro de 2011. Pensamos Corinthians. 

Decidimos investir no Futsal; na Natação; nas Artes Marciais. Trouxemos, então, o treinador Campeão do Mundo (PC de Oliveira); uma atleta Campeã Mundial (Poliana Okimoto) e o atleta brasileiro mais vencedor dos Jogos Pan-americanos (Thiago Pereira); o maior lutador da história (Anderson Silva). Pensamos positivo.

Elegemos como prioridade a construção de um Centro de Treinamento para o time de futebol. Construímos, então, o mais bem estruturado do país. Pensamos alto. Fizemos o melhor de todos.

Desejávamos realizar o sonho do Estádio. Estamos construindo um dos mais modernos do mundo, onde se realizará a partida de abertura da Copa do Mundo. Pensamos Corinthians. Pensamos no Corinthiano.

Em razão desses exemplos e de outras atitudes positivas, não tenho dúvidas de que a autoestima do Corinthiano foi recuperada. O gigante levantou-se, a espinha ereta, o queixo erguido, e, olhando pra frente, voltou a caminhar na estrada certa.

Equívocos, claro, podem ter acontecido nesse período. Sempre digo que jamais almejei a perfeição. E que, pelo menos, saibamos aprender com a lição.

Mas os acertos, que foram em grande maioria, devem-se à compreensão de que para administrar o Corinthians é preciso pensar Corinthians. E pensar Corinthians é pensar grande.

Como Corinthiano, torço para continuarmos crescendo.

Afinal, aqui é Corinthians!

Andrés Navarro Sanchez