BLOG PROGRESSISTA - NOTICIAS PREFERENCIAIS DO PT

RESPONSÁVEL MARIO ALVIM DRT/MT-1162

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Bolinha de papel atingiu Serra... Mas por que ele foi parar no hospital?



Do rescaldo a visita de Serra ao bairro de Campo Grande, no Rio de Janeiro, sobra:

1) Reportagem do SBT registrou um objeto pequeno parecido com uma bolinha de papel que atingiu Serra. Pelo comportamento dele, de olhar para o chão a procura, e não levar a mão na cabeça, parece de fato ser uma bolinha de papel, ou algo semelhante, inofensivo.

2) O que ficou feio para os dois lados, não foi a bolinha de papel. Foi a briga entre seguranças de Serra e militantes do PT. Apesar das provocações, e dos seguranças de Serra claramente terem começado a rasgar os cartazes, é sempre bom recusar estas provocações. Brigas só nas idéias.

3) O protesto contra Serra começou com mata-mosquitos (milhares de ex-funcionários da FUNASA, demitidos irresponsavelmente, em plena epidemia de dengue, por José Serra, quando era Ministro da Saúde). Desde 2002, sempre que Serra vem ao Rio e encontra esse grupo, sempre houve protestos, sem violência. Os seguranças de Serra não poderiam rasgar cartazes de quem estava manifestando. A rua é pública.

4) Após a bolinha, Serra entrou na VAN, e voltou a caminhar após 20 minutos. É sinal de que não estava ferido, nem se sentindo mal.

5) Em seguida, recebeu um telefonema, levou a mão na cabeça, interrompeu a caminhada e foi ao hospital. Seria esse telefonema do marqueteiro, para simular estar ferido?

6) Se não foi uma armação do marqueteiro, então o caso é grave. Não foi a bolinha de papel que o levou a fazer uma tomografia, cancelar agenda em locais fechados (seguros), e voltar a São Paulo. Algum piripaque ele deve ter tido, e está escondendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário